Miauê
Para ter acesso à todos os recursos do fórum inscreva-se, é rápido e grátis
Conectar-se

Esqueci minha senha

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
» Minha gata pode estar com problemas neurologicos? Me ajudem, por favor.
Sex Jan 10, 2014 6:44 pm por Priscilla Grillo

» doença grave de pele
Ter Abr 17, 2012 8:03 pm por PatGatitos

» doenca de gato
Sex Nov 18, 2011 12:10 pm por Rosana Gaby

» Usar produtos de limpeza exige cuidado quando se tem pets em casa
Ter Jun 14, 2011 11:20 am por Rosana Gaby

» Nada como o abraço da mamãe...
Seg Jun 06, 2011 9:29 am por Rosana Gaby

» Bobtail Japonês
Seg Jun 06, 2011 8:16 am por Rosana Gaby

» Siamês Tudo sobre a raça
Qua Jun 01, 2011 1:49 pm por Rosana Gaby

» GATOS NO FRIO
Seg Maio 30, 2011 12:01 pm por Rosana Gaby

» Quem é que manda...
Seg Maio 30, 2011 8:52 am por Rosana Gaby

Galeria


Estatísticas
Temos 41 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de angela martins

Os nossos membros postaram um total de 109 mensagens em 100 assuntos
Setembro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      

Calendário Calendário

Palavras chave


Quedas de pelos - Às vezes pode não ser normal

Ir em baixo

Quedas de pelos - Às vezes pode não ser normal

Mensagem  Rosana Gaby em Qua Abr 27, 2011 7:39 am

Saiba por que ocorre, em que períodos e quando pode ser considerada normal

Normalmente os proprietários de felinos domésticos reclamam muito sobre a queda excessiva de pelos. A verdade é que a queda de pelos nem sempre é considerada normal, na maioria das vezes está envolvida com alguma patologia. O primeiro item que deve ser avaliado pelo médico veterinário é se a queda de pelos tem característica sazonal ou se ocorre constantemente. Ela só é considerada normal quando é uniforme, pois o gato realiza lambedura diária para realizar a troca da pelagem fraca. A troca é feita de seis em seis meses e a pelagem é fortalecida adquirindo mais brilho e vitalidade.

As fêmeas podem apresentar maior queda de pelo quando ficam no cio por um longo período ou quando estão amamentando. O felino não deve apresentar nenhum outro sintoma como vômito, diarreia, apatia ou alopecia localizada com coceira e descamação. Caso apresente qualquer uma destas alterações, deve-se procurar imediatamente o médico veterinário para que possa ser diagnosticado o problema e tratado. Atualmente o principal mecanismo para evitar grande queda de pelos é manter o gato com alimentação adequada, como rações superpremium específicas para o tipo de pelagem e raça, higienização do ambiente com material de limpeza adequado e sem odores, controle correto contra pulgas e ácaros e escovação realizada de três em três dias com pente adequado.


As patologias mais comuns que envolvem queda de pelo são dermatites, alterações hormonais como hiperadrenocorticismo e hipertiroidismo, alimentação inadequada, como rações com corante e petiscos, contato do felino com material de limpeza, carpetes e fungos presentes no ambiente. Em geral a queda de pelo está associada a gatos de raças de pelos longos, porém nem sempre são as que liberam mais. Este fato está relacionado aos cuidados do felino e a sua genética. Apesar do diagnóstico das patologias associadas à queda excessiva de pelo ser complicado, quando realizado adequadamente possui um tratamento específico e uma evolução imediata mantendo a saúde fisiológica e estética do felino doméstico.

Por Dra. Rachel Borges, Revista Pulo do Gato
avatar
Rosana Gaby
Admin

Mensagens : 103
Data de inscrição : 14/04/2011
Idade : 30

Ver perfil do usuário http://miaue.catsboard.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum