Miauê
Para ter acesso à todos os recursos do fórum inscreva-se, é rápido e grátis
Conectar-se

Esqueci minha senha

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
» Minha gata pode estar com problemas neurologicos? Me ajudem, por favor.
Sex Jan 10, 2014 6:44 pm por Priscilla Grillo

» doença grave de pele
Ter Abr 17, 2012 8:03 pm por PatGatitos

» doenca de gato
Sex Nov 18, 2011 12:10 pm por Rosana Gaby

» Usar produtos de limpeza exige cuidado quando se tem pets em casa
Ter Jun 14, 2011 11:20 am por Rosana Gaby

» Nada como o abraço da mamãe...
Seg Jun 06, 2011 9:29 am por Rosana Gaby

» Bobtail Japonês
Seg Jun 06, 2011 8:16 am por Rosana Gaby

» Siamês Tudo sobre a raça
Qua Jun 01, 2011 1:49 pm por Rosana Gaby

» GATOS NO FRIO
Seg Maio 30, 2011 12:01 pm por Rosana Gaby

» Quem é que manda...
Seg Maio 30, 2011 8:52 am por Rosana Gaby

Galeria


Estatísticas
Temos 41 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de angela martins

Os nossos membros postaram um total de 109 mensagens em 100 assuntos
Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário Calendário

Palavras chave


Brinquedos Para Gatos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Brinquedos Para Gatos

Mensagem  Rosana Gaby em Qui Maio 05, 2011 11:18 am

É como algo saído de um quadro de Norman Rockwell: um gatinho peludo brincando com um novelo de lã. Aparentemente, o velho Norman nunca teve que sair correndo com o gato para levá-lo ao veterinário fazer uma cirurgia de emergência e retirar vários centímetros de lã emaranhada no trato digestivo do pobre animal. Lã e barbante podem deixar até mesmo os gatos mais desinteressados brincalhões e com os olhos brilhantes, mas nunca devem ser deixados em lugares onde gatos adultos ou filhotes possam pegá-los sozinhos. Além dos perigos de asfixia e obstrução intestinal, o gato que fica emaranhado com barbante ou lã - mesmo durante brincadeiras supervisionadas - pode entrar em pânico e se machucar, até fatalmente. Tome muito cuidado e mantenha linha de costura e fio dental longe do alcance do bichano; eles são muito mais finos e podem se prender nos tecidos da boca, estômago e intestinos do gato.



Os gatos transformam em brinquedo qualquer coisa brilhante, amassada ou pequena o suficiente para rebater pelo chão. Visto que o bichano não tem mãos, ele tem que apanhar esses brinquedos improvisados com a boca, e assim fica fácil engoli-los (ou se eles não forem fáceis de engolir, acabam causando asfixia). Na melhor das hipóteses, um corpo estranho no sistema digestivo do gato pode desencadear vômito ou diarréia, mas costuma ser muito pior do que isso. Mantenha objetos como clips de papel, alumínio e borrachinhas em local seguro.

Invólucros de celofane para doces e balas são muito perigosos. Os gatos não resistem à textura do celofane. Os invólucros podem derreter no estômago do gato, cobrindo o revestimento e impedindo a absorção de nutrientes.

Como é um brinquedo seguro para os gatos? Eis o que devemos observar:

Um objeto resistente - se o objeto não se quebra quando arremessado, jogado, roído, arranhado, atirado, chutado, lambido e agarrado várias vezes, ele é um bom brinquedo para o bichano. Brinquedos recheados com erva-de-gato incentivam a brincadeira, mas a maioria dos gatos gosta de comer a erva e tentará lamber e mastigar o objeto até alcançar a erva. Esses brinquedos, feitos com tecido leve ou feltro, provavelmente acabam despedaçados - e os pedaços no estômago do gato - dentro de uma semana. A mesma coisa acontece com brinquedos de plástico ou de vinil que podem ser mastigados, quebrados ou desmontados.

Sem peças móveis ou removíveis - camundongos recheados com erva-de-gato e com cauda de lã, lagartas com olhos salientes, enormes "abelhas" de plush com detalhes em feltro colado e bolas de malha plástica contendo sininhos sedutores são quatro dos brinquedos mais conhecidos para gatos. Mas todos têm um problema em comum: peças pequenas e potencialmente perigosas que podem se soltar. Se você consegue puxar uma parte ou um enfeite de um brinquedo de gato, é bem provável que o gato também consiga. Na verdade, experimente fazê-lo em todos os brinquedos do seu gato - é melhor alguns camundongos de erva-de-gato sem cauda do que uma visita urgente à clínica veterinária para tirar a cauda do estômago do gato.

Algo divertido - um brinquedo não é um brinquedo se o seu gato não brincar com ele. Os donos de gatos costumam ficar decepcionados - e quase sempre irritados - ao constatarem que os brinquedos de mais de R$ 200 que eles compram para o bichano são menos interessantes do que um pedaço de papel amassado ou uma simples bola de pingue-pongue. Os gatos gostam de jogos que envolvem o que eles fazem melhor: escalar, correr, saltar, espreitar e atacar. Escolha brinquedos que incentivem esses comportamentos e o seu gato provavelmente vai usá-los. É essa a atração da bola de pingue-pongue - ela rola, salta e desliza quando o gato a ataca, incentivando-o a rebatê-la e persegui-la. Os gatos vêem itens móveis melhor do que objetos parados. Por isso, brinquedos que sacodem, pulam ou giram os fascinam e desencadeiam os reflexos de espreitar e caçar.
avatar
Rosana Gaby
Admin

Mensagens : 103
Data de inscrição : 14/04/2011
Idade : 29

Ver perfil do usuário http://miaue.catsboard.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum