Miauê
Para ter acesso à todos os recursos do fórum inscreva-se, é rápido e grátis
Login

Esqueci minha senha

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
» Minha gata pode estar com problemas neurologicos? Me ajudem, por favor.
Sex Jan 10, 2014 9:44 pm por Priscilla Grillo

» doença grave de pele
Ter Abr 17, 2012 9:03 pm por PatGatitos

» doenca de gato
Sex Nov 18, 2011 3:10 pm por Rosana Gaby

» Usar produtos de limpeza exige cuidado quando se tem pets em casa
Ter Jun 14, 2011 12:20 pm por Rosana Gaby

» Nada como o abraço da mamãe...
Seg Jun 06, 2011 10:29 am por Rosana Gaby

» Bobtail Japonês
Seg Jun 06, 2011 9:16 am por Rosana Gaby

» Siamês Tudo sobre a raça
Qua Jun 01, 2011 2:49 pm por Rosana Gaby

» GATOS NO FRIO
Seg Maio 30, 2011 1:01 pm por Rosana Gaby

» Quem é que manda...
Seg Maio 30, 2011 9:52 am por Rosana Gaby

Galeria


Estatísticas
Temos 38 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Priscilla Grillo

Os nossos membros postaram um total de 109 mensagens em 100 assuntos
Agosto 2014
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário


Doenças de pele e pelo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Doenças de pele e pelo

Mensagem  Rosana Gaby em Sex Abr 15, 2011 3:01 pm

PELE E PÊLO

Coceiras, feridas, falhas na pelagem. Conheça os males mais comuns da pele e do pêlo dos gatos.

O gato costuma ter boa saúde e ser muito cuidadoso com a pelagem. A higiene é tão importante para ele que um dos sinais de doença, na espécie, é deixar de se lamber. Mas por mais que se cuide, sempre há perigos rondando que podem trazer transtornos à sua pele e ao pêlo.

As coceiras, quando persistentes, levam o gato a se coçar repetidas vezes. Isso provoca inflamações na pele, chamadas de dermatites. Causas para as coceiras, há diversas.
Uma das mais freqüentes são as picadas de pulgas, piolhos e carrapatos.
Esse exército de pequenos sugadores do sangue alheio provoca, muitas vezes, alergia e muita coceira. Há também os ácaros. Causam dois tipos de sarna, com perda localizada de pêlo.
A sarna demodécica geralmente é passada de mãe para filho e aparece principalmente na cabeça, quando o gato está debilitado. Não é transmitida de um gato a outro.
Já a sarna notoédrica, a "escabiose do gato", provoca coceira intensa e ocorre principalmente nas patas e rabo, avançando depois no restante do corpo. Passa com facilidade a outros gatos e aos cães e menos facilmente ao homem.
Outro tipo de ácaro provoca a sarna de ouvido. Aparece um acúmulo de cera parda-avermelhada e muita coceira.
Daí para uma otite (inflamação do ouvido) é apenas um passo.

As reações alérgicas são mais uma causa das coceiras e produzem pele escamada e ressecada (eczemas).
Os motivos são variados, como sensibilidade a alimentos ou aos inseticidas, inclusive a colares antiparasitários.
O gato, ao se coçar, pode além de infectar a zona afetada, espalhar a dermatite pelo resto do corpo.
Alguns dos sintomas são as a queda de pêlo, bolhinhas, forte coceira, ardor e vermelhidão.
O excesso de umidade também ajuda a criar coceiras. Torna o ambiente propício a fungos, os causadores das micoses.
As decorrências mais visíveis são pêlos quebrados na cara; pequenos trechos de pele escamosa na cabeça, nas orelhas, nas patas, nas costas e nas lesões arredondadas, sem pêlos.

Mas os possíveis problemas de pele vão além. Muitos gatos costumam se meter em brigas e, claro, acabam arranhados ou mordidos principalmente na cara e ao redor da base da cauda. As feridas, quando contaminadas por bactérias, acumulam pus em suas cavidades. Fecham rapidamente. O pus confinado transforma-se em abcesso, é absorvido pelo organismo e entra na corrente sangüínea, podendo causar infecção generalizada.

Existem gatos que, de tanto se lamberem, chegam a ficar feridos, perder pêlos e inflamar a pele. Muitas vezes, isso se deve a aborrecimento ou a ansiedade.Gato também tem acne e pode deixar de comer quando o problema se alastra, causando dor local. A acne aparece mais no queixo e no lábio inferior, na forma de espinhas, protuberâncias e até abcessos, que se formam devido às glândulas sebáceas obstruídas.

Às vezes, aparecem manchas nos pêlos próximos à base da cauda. Resultam de uma desregulagem da glândula adanal, que produz uma secreção gordurosa amarelada responsável pela lubrificação do ânus. O excesso causa manchas, mais visíveis nos gatos de pelagem clara e, eventualmente, irritação local e infecção. Falhas simétricas na pelagem da região lombar e no abdômen são provocadas por desequilíbrio hormonal, que ocorre com maior freqüência em gatos esterilizados. O problema não produz coceira.

O aparecimento de um nódulo na pele pode, eventualmente, caracterizar a existência de tumor. Se for benigno, ficará restrito ao local mas, se for maligno, pode se espalhar com rapidez e produzir feridas, sangramento e morte.

Com a aparição dos sintomas acima, o mais sensato é levá-lo a um veterinário, é muito importante deixar a saúde do nosso gatinho em dia, ele saberá como retribuir com muito amor!

Rosana Gaby
Admin

Mensagens: 103
Data de inscrição: 14/04/2011
Idade: 26

Ver perfil do usuário http://miaue.catsboard.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum